Translate

Pesquise Aqui

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

A Idade de Ser Feliz - Poema

A Idade de Ser Feliz
Existe somente uma idade para a gente ser feliz
somente uma época na vida de cada pessoa
em que é possível sonhar e fazer planos
e ter energia bastante para realizá-los
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos

Uma só idade para a gente se encantar com a vida
e viver apaixonadamente
e desfrutar tudo com toda intensidade
sem medo nem culpa de sentir prazer

Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida
à nossa própria imagem e semelhança
e sorrir e cantar e brincar e dançar
e vestir-se com todas as cores
e entregar-se a todos os amores
experimentando a vida em todos os seus sabores
sem preconceito ou pudor

Tempo de entusiasmo e de coragem
em que todo desafio é mais um convite à luta
que a gente enfrenta com toda a disposição de tentar algo novo,
de novo e de novo, e quantas vezes for preciso

Essa idade, tão fugaz na vida da gente,
chama-se presente,
e tem apenas a duração do instante que passa ...
... doce pássaro do aqui e agora
que quando se dá por ele já partiu para nunca mais!
Geraldo Eustáquio de Souza

sábado, 6 de janeiro de 2018

Cantiga para não morrer - Poema

Amor é fogo que arde sem se ver - Poema

sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Soneto do Amor Total - Poema

Soneto do Amor Total

Amo-te tanto, meu amor... não cante
O humano coração com mais verdade...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.

Amo-te afim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.

Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.

E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.
Vinicius de Moraes

AMO-TE - Poema

AMO-TE

Amo-te quanto em largo, alto e profundo
Minh'alma alcança quando, transportada,
sente, alongando os olhos deste mundo,
os fins do ser, a graça entresonhada.

Amo-te a cada dia, hora e segundo
A luz do sol, na noite sossegada
e é tão pura a paixão de que me inundo
Quanto o pudor dos que não pedem nada.

Amo-te com a dor, das velhas penas
com sorrisos, com lágrimas de prece,
e a fé de minha infância, ingênua e forte.

Amo-te até nas coisas mais pequenas,
por toda vida, e assim DEUS o quiser
Ainda mais te amarei depois da morte.
Elizabeth Barrett Browning

Amizade - Poema

A amizade consegue ser tão complexa...
Deixa uns desanimados, outros bem felizes...
É a alimentação dos fracos
É o reino dos fortes

Faz-nos cometer erros
Os fracos deixam se ir abaixo
Os fortes erguem sempre a cabeça
os assim assim assumem-os

Sem pensar conquistamos
O mundo geral
e construímos o nosso pequeno lugar
deixando brilhar cada estrelinha

Estrelinhas...
Doces, sensíveis, frias, ternurentas...
Mas sempre presentes em qualquer parte
Os donos da Amizade...

A coxinha e o pão de queijo.

A coxinha e o pão de queijo.

Dois salgados estavam conversando na lanchonete onde se procriam, um pão de queijo e uma coxinha. Quando a coxinha perguntou:

– O que houve? Estou te achando chateado …

– Perdi a minha companheira. Estou muito mais chateado do que nas outras vezes, pois ela foi o casamento que durou mais, ficou duas horas aqui, ao meu lado.

– Calma, Pãozinho, daqui a pouco você arruma outra companheira. Eu, por exemplo, nunca fiquei mais que quarenta minutos com um companheiro.

– Eu sei, mas dói a solidão… mesmo que temporária.

– Olha ai, novas companheiras pra você escolher, todas quentinhas.

– Oba! – Falou o pãozinho com um ar tristonho, então coxinha falou:

– Mesmo que tenha ido embora, ela sempre será inesquecível no seu coração e o tempo é a melhor cura para essa dor.

As coisas marcantes que acontecem ficarão pra sempre em você e com o tempo a dor vai sumir, só restarão lembranças.  

Texto de Vanessa Quintães, aluna do 2º ano do Ensino Médio do Centro Escolar de Copacabana